Zambiasi informa que ata constitutiva do Parlamento do Mercosul deverá ser assinada em dezembro

PTB Notícias 25/11/2006, 21:30


A ata constitutiva do Parlamento do Mercosul deverá ser assinada ao final de reunião plenária da Comissão Parlamentar Conjunta do bloco (CPCM), prevista para 15 de dezembro, em Montevidéu.

A sessão inaugural do novo órgão, a ser definida durante a reunião, poderá ser realizada em Brasília e coincidir com a Cúpula de Presidentes do Mercosul, nos dias 18 e 19 de janeiro.

A decisão foi tomada em reunião da mesa diretora da comissão, realizada na manhã desta sexta-feira (24) no Senado, com a presença de representantes do Uruguai e do Paraguai.

O presidente da representação argentina na CPCM, deputado Alfredo Atanasof, não compareceu por causa da votação do projeto de Orçamento da Argentina para 2007, segundo anunciou à comissão.

– Esperamos ter em dezembro a ata constitutiva do Parlamento do Mercosul, para que passemos em janeiro à consolidação do novo órgão, na cúpula presidencial, e contemos com o pleno funcionamento do parlamento a partir de março do ano que vem, já na capital uruguaia – disse o senador Sérgio Zambiasi durante o 4º Encontro de Cortes Supremas do Mercosul, realizado também nesta sexta-feira no Supremo Tribunal Federal.

Durante o encontro, Zambiasi informou que uma das missões do novo parlamento será a de representar os povos dos países que constituem o Mercosul, respeitando a sua “pluralidade ideológica e política”.

Ele observou ainda que o presidente reeleito Luiz Inácio Lula da Silva reiterou o compromisso de estender o bloco “da Patagônia às portas do Caribe”, para que passe a representar a maior parte da América do Sul.

A assinatura de uma ata constitutiva em Montevidéu acontecerá um dia depois da anteriormente prevista sessão inaugural do Parlamento do Mercosul, que ocorreria em Brasília.

Uma nova sessão inaugural poderá ser realizada em janeiro, segundo decisão a ser tomada durante a plenária da CPCM.

fonte: Agência Senado