Zambiasi protesta contra garrafas de plástico da indústria de cerveja

PTB Notícias 15/02/2008, 8:00


O senador Sérgio Zambiasi (PTB-RS) protestou no Plenário do Senado na última quinta-feira (14/2) contra a pretensão da indústria de cerveja de utilizar garrafas de plástico polietileno tereftalato (PET) para distribuir a produção em todo o país.

Para o senador, essa possibilidade representa mais uma ameaça ao meio ambiente, pois somaria 11 bilhões de garrafas às 9 bilhões já produzidas anualmente.

– A intenção da indústria das cervejarias preocupa porque hoje já vivemos uma situação extremamente grave em relação ao uso de embalagens PET.

O Brasil produz atualmente cerca de nove bilhões de unidades tipo PET, um plástico altamente poluente.

Desse total, apenas 53% são reaproveitáveis e 4,7 bilhões delas são jogadas todos os anos na natureza, contaminando rios e córregos, lixões e áreas desocupadas – alertou.

Zambiasi disse que, de acordo com especialistas em meio ambiente, uma embalagem PET demora cerca de 100 anos para se decompor e, no Brasil, o uso desse tipo de embalagem teve início há apenas 20 anos.

Diante disso, assinalou o senador, nenhuma das unidades PET descartadas no país ainda teve tempo suficiente para se decompor.

– Em vez de ações efetivas para reciclar esse material, o país está diante da ameaça de ter um incremento de mais de 100% na produção de garrafas PET.

Ou seja, mais do que dobraríamos também o número de unidades jogadas na natureza, o que contribuiria para aumentar ainda mais os danos ao ambiente – acrescentou.

O senador Tião Viana (PT-AC) defendeu, em aparte, a adoção do recolhimento seletivo de lixo e disse que a sociedade não está assumindo a sua parte na solução para a poluição criada pelo lixo, uma vez que o governo não assume a dele.

O senador Sibá Machado (PT-AC) lembrou que ainda pior que a embalagem PET é a tetrapack, que é produzida com diversos compostos diferentes.

Ele disse que, em busca de comodidade, a população coloca o meio ambiente em grande risco.

fonte: Agência Senado