Zeca cobra revisão do calendário de vacinação para evitar surtos de gripe

PTB Notícias 5/04/2016, 8:40


O deputado Zeca Cavalcanti (PTB-PE) afirmou ser necessário estudar melhor o calendário de vacinação do País para evitar surtos de doenças como a gripe H1N1.

“É preciso estudar mais profundamente esse calendário e, acima de tudo, alocar cada vez mais recursos para que as ações e as vacinações sejam mais eficazes junto à população, para que a gente não seja surpreendido, a cada ano, com um surto – seja de sífilis, de dengue, de chikungunya, de zika, de H1N1”, disse Zeca Cavalcanti.

Diante da antecipação do surto da gripe H1N1 identificada em São Paulo, o Ministério da Saúde já permitiu a antecipação da vacinação contra a doença.

Ao contrário do que ocorria em outros anos, estados interessados poderão começar a imunizar grupos considerados mais vulneráveis antes da campanha nacional, que terá início em 30 de abril.

“A vacinação contra o H1N1 precisar ocorrer anualmente de uma forma homogênea e permanente.

Fazendo essas campanhas, sabemos que é possível praticamente erradicar a doença, principalmente nos idosos e nas crianças.

Essa parcela da população tem uma resistência menor do organismo e pode ser acometida por doenças colaterais”, destacou o deputado.

MortesO vírus H1N1 foi mundialmente conhecido em 2009.

Agora, voltou a assustar as famílias brasileiras.

Somente o estado de São Paulo registrou mais de 50 mortes neste ano.

O valor é significativamente superior às 36 mortes atribuídas à doença em todo o ano passado no Brasil.

Outra preocupação se dá por conta de que o vírus que costuma atacar no inverno, chegou mais cedo ao País.

É a primeira vez que autoridades registraram um aumento tão significativo de casos nesta época do ano.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da assessoria da Liderança do PTB na Câmara dos DeputadosFoto:Jotanic/Câmara dos Deputados